Otimização SEO on-page: alcance muito mais usuários

8 min de leitura

A otimização do conteúdo é uma ótima maneira de alavancar a visibilidade e relevância de um site. Além de alcançar uma posição melhor no ranking das plataformas de busca, ao seguir técnicas de SEO (Search Engine Optimization), você também será capaz de proporcionar uma experiência muito melhor aos usuários.

Ao realizar uma busca virtual, várias métricas são levadas em consideração pelas plataformas de pesquisa no momento de entregar resultados ao usuário. O Google, por exemplo, sempre dá prioridade para sites que atendem ao maior número de critérios de seu algoritmo (leia sobre aqui) e oferece uma boa UX.

O algoritmo do Google é bem complexo e estimam-se que ele tenha centenas de critérios, diversos deles sendo sobre SEO.  

Uma estratégia de otimização certeira é a de conteúdo, chamada SEO on-page. Ela merece uma atenção especial, pois se trata de todos elementos em uma página, tais como títulos, descrições e imagens. Entenda melhor:

Endereço da página

Essa é uma das partes mais importantes do SEO on-page. Ela não se trata necessariamente de títulos de artigos, mas, sim, do nome que aparece no URL.

Inserir palavras-chaves relevantes e certeiras para o tema de cada uma de suas páginas também é muito importante.

Título da página

Sempre faça uso das palavras-chaves de cada página, especialmente nessa parte. O título vai facilitar – e muito, a busca.

Além disso, o tamanho desse título deve conter no máximo 70 caracteres. A dica é tentar criar chamadas atrativas e que apresentem de cara o assunto tratado na page.

Meta descrição

Essa é uma breve introdução que aparece para o usuário junto dos outros resultados.  Não inserir uma meta descrição para suas páginas é um erro, pois além de dificultar que usuários encontrem o site, você perderá também muitos pontos com o Google. 

Imagens

As imagens são importantes para a indexação do conteúdo. Mas não vale só jogar fotos e ilustrações na página, é necessário também seguir alguns critérios, tais como:

  • Nome do arquivo: ele deve ser o mais descritivo possível;
  • Texto alternativo: quando a imagem não abrir, esse texto aparecerá no lugar. Então é melhor descrever a imagem o máximo possível, certo?
  • Arquitetura da informação: a estrutura dos elementos precisa fazer sentido. Organize eles de acordo com o contexto do texto.

Estas são apenas algumas principais métricas de SEO on-page, tendo outras como: qualidade do código, layout e usabilidade.

Em suma, as plataformas de busca, tais como Google, Bing e Yahoo, dão prioridade no ranking para sites que levem o usuário em consideração. O algoritmo do Google, por exemplo, tem seus critérios pensados para oferecer a melhor experiência para o usuário ao entregar os melhores resultados da busca.  

Viu só? Essa otimização não é difícil, entretanto, requer um olhar minimalista para cumprir todos requisitos com sucesso.

Que tal aprimorar o SEO do seu site? Vamos bater um papo?

Compartilhe:

Pronto para começar seu projeto?